Banquete da Alegria

Zebeto Corrêa

Compositor: Bartholomeu Mendonça / Zebeto Corrêa

Manhã de sol, tarde de chuva, noite de lua cheia
Qualquer lugar será bom lugar, qualquer canção clareia
Quem escolheu o ofício fiel, palhaço de toda plateia
Sabe pinçar o ouro do pó, no fundo da bateia

Flor na videira, se o vinho é bom, merece o pão de centeio
Qualquer canção é mais sincera se o coração tá cheio
Do alimento bem arrumado em farta cantoria
O sonho bom é na verdade a ceia da alegria

Desde janeiro eta nós dois
Levando a festa pra bem depois do arco-íris
Anunciando a boa nova
A mesa é posta pro banquete da alegria
De cantar, cantar

Ora viola, já não importa se a lua nem tá cheia
Qualquer lugar será bom lugar, nossa canção clareia
Quem escolheu o ofício fiel, palhaço de toda plateia
Sabe pinçar da flor o mel, das cores, a poesia

Desde janeiro eta nós dois
Levando a festa pra bem depois do arco-íris
Anunciando a boa nova
A mesa é posta pro banquete da alegria
De cantar, cantar

Ora viola, já não importa se a lua nem tá cheia
Qualquer lugar será bom lugar, nossa canção clareia
Quem escolheu o ofício fiel, palhaço de toda plateia
Sabe pintar a flor e o céu
No fundo da bateia

©2003- 2018 lyrics.com.br · Aviso Legal · Política de Privacidade · Fale Conosco desenvolvido por Studio Sol Comunicação Digital