As Noivas do Cordeiro

Zebeto Corrêa

Compositor: Caio Junqueira Maciel / Zebeto Corrêa

Com as pedras que atiraram
Elas fizeram muralha
Unidas elas sentiram
Como o mundo era canalha

Com o ardor de suas juntas
Todas juntas: A fornalha
São as noivas do cordeiro
Que não são fogo de palha

Senhoras do belo vale
Onde a beleza espalha
Um rebanho desgarrado
Na lâmina da navalha

Arrebanhou preconceitos
Que todo mundo enxovalha
Mas as noivas do cordeiro
Não jogaram a toalha

No belo vale, formosas
Tecem a vida em sua malha
Não têm medo da tosquia
Da mudez que o mundo empalha

Senhorinhas do destino
E o nome na pedra entalha
Vale o belo gesto amigo
De quem chega e amealha

Com as noivas do cordeiro
Coração bate e não falha
São belas, não são ovelhas
No vale em que o amor orvalha

Com as pedras que atiraram
Elas fizeram muralha

São as noivas do cordeiro
Que não são fogo de palha

©2003- 2018 lyrics.com.br · Aviso Legal · Política de Privacidade · Fale Conosco desenvolvido por Studio Sol Comunicação Digital